O sexo feminino tem mais problemas com intestino?

31/08/2011 às 3:50 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário


Sim. Dados indicam que a prisão de ventre atinge 15% dos brasileiros, cerca de 29 milhões de pessoas. Para cada homem tem três mulheres que sofrem com o problema. Os homens vão ao banheiro pelo menos cinco vezes por semana, enquanto as mulheres vão três vezes.
Isto acontece porque as mulheres levam em média de 40 a 60 horas para transforma os alimentos em fezes e evacuá-las, enquanto os homens levam apenas 30 horas. O tempo varia conforme o tamanho do intestino, os hábitos alimentares e a força de contração, que nas mulheres é bem menor e por isso o processo é mais lento. Os hormônios constituem outro fator que afetam diretamente na digestão das mulheres.
Questões sociais, como a educação dada as mulheres de que não se pode evacuar em qualquer lugar acaba fazendo com que haja a “Síndrome da obstrução de saída”. Quando a pessoa deixa de ir ao banheiro na hora em que o organismo pede, a vontade passa e as fezes ficam mais tempo do que deveriam no organismo. Assim elas perdem água, endurecem e ficam ressecadas, dificultando a eliminação. Com o passar do tempo a ação involuntária desaparece e a evacuação fica cada vez mais difícil.

Deve-se usar remédios que contribuam para o funcionamento do intestino?

30/08/2011 às 3:47 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Apenas em último caso. O tratamento deve começar com reeducação alimentar, mudanças de comportamento, aumento da ingestão de líquidos. Se for necessário e somente com a orientação de um médico especialista, pode-se fazer o uso de medicamentos apropriados, mas como última alternativa.
O uso indiscriminado de laxantes, antidepressivos, anestésicos, anti-histamínicos, anti-ácidos, anticonvulsivantes, relaxantes musculares, contraceptivos orais e outros remédios podem agravar ainda mais o problema.

É certo “programar” o intestino, ficando 15 minutos em um horário determinado todos os dias para que ele funcione?

29/08/2011 às 3:45 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário


É uma boa estratégia. Deve-se ir ao banheiro sempre que der vontade, nunca segurar e deixar para depois. O ideal é seguir uma rotina, como por exemplo, se acostumar a ir ao banheiro pela manhã em casa, local onde as pessoas se sentem mais a vontade, mais segura e têm a disposição todas as condições de higiene necessárias.
A posição também deve ser levada em conta. Os joelhos devem ficar pouco acima da bacia e os pés firmes no chão. A concentração é outro fator importante. Evite ler ou se distrair durante este momento.

Além de causar a sensação de inchaço, quais os riscos que um intestino preso pode trazer para a saúde? Exercícios ajudam?

28/08/2011 às 3:42 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário


O intestino preso causa desconforto, incha a barriga, provoca mau humor, acumula toxinas que prejudicam o organismo deixando a pele sem viço, flácida, com acne e celulite, cabelos fracos e pode até causar doenças mais graves, como câncer e hemorróidas. Os exercícios físicos são benéficos e devem ser praticados pelo menos três vezes por semana por no mínimo meia hora cada sessão. A atividade física estimula os movimentos do intestino e favorece a evacuação.

Quais os alimentos que prejudicam mais o intestino e quais o ajudam a funcionar melhor?

27/08/2011 às 3:39 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário


Doces, alimentos industrializados, ricos em gordura, sódio, e açúcar, leite e seus derivados prejudicam o intestino.
Todos que sejam ricos em fibras, como laranja, mamão, linhaça, granola, aveia, maçã e pêra, iogurtes enriquecidos com fibras e lactobacilos fazem bem ao intestino. Tanto as fibras solúveis, presentes no feijão, aveia, lentilha e nas frutas, quanto às insolúveis, encontradas em alimentos integrais, farelo de trigo, arroz e pão integral, devem ser consumidas. As fibras insolúveis atuam como laxantes naturais, aumentam o volume do bolo fecal e diminuem a consistência das fezes, contribuindo para a evacuação. Como retém água, a ingestão de líquidos é fundamental, pois sem líquidos as fibras podem ressecar ainda mais o intestino. O ideal é consumir 70% de fibras insolúveis e 30% de fibras solúveis e não exagerar na quantidade, tudo que é em excesso prejudica a saúde.
A água também é essencial para que as fezes não fiquem ressecadas e ainda contribuem para a digestão. O recomendado é a ingestão de pelo menos dois litros de água por dia, sempre aos poucos para evitar a sobrecarga renal.

É certo dizer que o intestino saudável ajuda a eliminar a barriga? Por quê?

26/08/2011 às 3:38 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Sim. O intestino é a parte do corpo responsável pela elaboração e eliminação do bolo fecal e quando seus sinais não são atendidos, ou seja, a pessoa não vai no banheiro na hora que dá vontade, ele acaba acumulando cada vez mais as fezes, prejudicando a saúde. É bom lembrar que cada organismo possui características diferentes e se o indivíduo não vai ao banheiro diariamente isso não significa que ele está com prisão de ventre. Cada um tem seu tempo de trânsito intestinal e a prisão de ventre é caracterizada pela diminuição na frequência de evacuações – ir ao banheiro menos de três vezes na semana pode indicar algum problema. O tipo das fezes também indica se o intestino está ou não funcionando corretamente. Fezes ressecadas e endurecidas são sinais de prisão de ventre e fezes umedecidas, pastosas e sem fragmentos são consideradas normais. É importante destacar também que mesmo indo ao banheiro todos os dias, se as fezes forem fragmentadas, semelhantes ao “cocô de cabrito”, há mais chances de prisão de ventre. Sangramento, dores, dificuldades para evacuar, sensação de evacuação incompleta, fezes retidas e pouca quantidade de fezes também sinalizam que o intestino não está bem.

Os cocos possuem ações antivirais?

25/08/2011 às 4:10 am | Publicado em alimentação | Deixe um comentário

Sim e combatem bactérias e fungos e ajudam a melhorar o sistema imunológico do organismo. O ácido láurico é uma substância presente no leite materno e é fundamental para a imunidade do organismo.

Quais os benefícios da água do coco seco?

A água do coco não tem efeito significativo no que diz respeito ao emagrecimento, pois não possuem o acido láurico e o monolauril. Mesmo assim ela é considerada uma ótima fonte de nutrientes para o organismo, além de combater a desidratação.

 A gordura presente no coco seco pode ajudar a combater o colesterol ruim? Por que?

As gorduras presentes no coco são consideradas do bem, pois aumentam os níveis de colesterol bom, o HDL, e protegem o coração.

Os cocos possuem ação anti-inflatória? Por que?

24/08/2011 às 4:09 am | Publicado em alimentação | Deixe um comentário

Estas gorduras favorecem a produção de substâncias que protegem o organismo e reduzem as que podem causar inflamações. Como o excesso de peso é considerado um desequilíbrio inflamatório, a ação do ácido láurico e do monolauril se refletem novamente na perda de peso.

Qual a quantidade diária de consumo do coco seco? Quais os malefícios de consumi-lo de forma indiscriminada?

Uma dica é cortar o coco em oito partes e comer uma parte por dia ou é indicado o consumo de 20 a 30 gramas da fruta diariamente na hora do lanche.

Em excesso o coco é calórico e se não houver uma educação alimentar o efeito pode ser contrário ao que se espera – ao invés de emagrecer o indivíduo pode engordar se exagerar no coco e em outros alimentos.

Qual a relação do acido láurico e monolauril no estoque e queima de gorduras?

23/08/2011 às 4:08 am | Publicado em alimentação | Deixe um comentário

O acido láurico e monolauril são gorduras presentes no coco que não ficam estocadas nas células do organismo devido a sua rápida digestão. Como elas são utilizadas como combustível para a geração de energia não ficam acumuladas na forma dos temidos pneuzinhos.

O acido láurico e monolauril estimulam a oxidação dos ácidos graxos e por isso ajudam a reduzir a gordura corporal e a combater o seu acúmulo.

Outro fator positivo é que o coco é rico em fibras, o que auxilia o funcionamento do intestino e aumenta a sensação de saciedade. O coco também é rico em vitaminas, minerais e aminoácidos.

 Qual a relação do ácido láurico com a tireóide?

O acido láurico e monolauril também ajudam a regular o funcionamento da tireóide, o que contribui para o aceleramento do metabolismo, facilitando o processo de emagrecimento.

Devo beber líquidos quentes ou frios na hora da refeição?

22/08/2011 às 7:00 am | Publicado em bebidas | 2 Comentários


Com relação aos hábitos alimentares, os orientais sempre têm algo interessante a nos ensinar. Eles costumam beber chá quente antes e depois das refeições, o que facilita a digestão dos alimentos.
Acontece que, quando ingerimos bebidas geladas (água, sucos, refrigerantes etc), os componentes oleosos da comida se solidificam devido a temperatura, tornando o trabalho de digestão bem mais lento e complicado. Além disso, esses líquidos são mais reativos com os ácidos digestivos e acabam absorvidos antes dos alimentos sólidos. O intestino fica saturado e as gorduras demoram mais para serem expelidas.
Aí o benefício do hábito oriental. A bebida aquecida (na realidade, o ideal é estar entre morna e quente) amolece as gorduras, facilitando a digestão e a eliminação dos elementos. Mas vale frisar um detalhe muito importante. Você deve ingerir líquidos antes ou depois da refeição, e não durante. Quando você come e bebe junto, os ácidos estomacais são diluídos e o pH se altera. Logo, a atividade enzimática (quebra dos alimentos em partes que possam ser absorvidas) fica comprometida.
Então, aí fica a sugestão. Após uma boa refeição, bem variada, equilibrada e saudável, tome um chá morninho. Os benefícios ao seu sistema digestório serão grandes e você. De quebra, ainda ganha uma forcinha caso queira emagrecer.

Próxima Página »

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.