Mais um dedinho sobre o Koubo

31/08/2009 às 12:21 pm | Publicado em Controle de peso | 9 Comentários
Tags: , , , , , , , ,
fonte: blog Lilian Pacce

fonte: blog Lilian Pacce

A biodiversidade brasileira sempre tem uma surpresa pronta a ser desvendada. A mais recente descoberta foi feita no Nordeste, em uma fruta muito popular por aquelas bandas, a pitaia. Ela possui substâncias que favorecem a perda de peso de forma mais saudável.

Na realidade, a planta inteira – o cacto Cereus sp, produtor da pitaia – tem propriedades emagrecedoras. Com isso em mente, uma farmácia nacional criou um extrato a partir da fruta, flor e caule do cacto, um concentrado em cápsulas de resultados muito eficientes, o koubo.

Este alimento ajuda a controlar o desejo de comer e aumenta a sensação de saciedade. Em sua composição é possível encontrar a betalaina e indicaxantina, que melhoram a diurese (eliminação de urina), tendo efeito importante para a perda de peso, sem causar hipotensão no paciente. Além disso, assim como a vitamina C também presente no extrato, as duas substâncias são antioxidantes.

A queima de calorias é beneficiada pela presença da tiramina. É uma amina, proveniente do aminoácido tirosina, com ação sobre a pressão arterial, aumentando-a e causando a taquicardia. No koubo, a dose da substância é muito pequena, só o suficiente para aumentar o metabolismo e provocar um maior gasto energético e calórico. Por isso, não chega a ter efeitos colaterais.

Os pontos positivos são inúmeros, mas não se pode achar que essa é uma fórmula mágica que vai emagrecer todo mundo. Para adquirir as cápsulas, o único caminho é com a prescrição médica que solicitará a produção para farmácias de manipulação. Isso é importante para evitar a perigosa automedicação por parte de pessoas contraindicadas, como diabéticos. E lembro, o koubo só funciona junto com um regime alimentar adequado e uma rotina de atividades físicas.

Anúncios

Parabéns Rosângela

11/08/2009 às 5:24 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Maximo_Rosangela_ AsinelliHoje, quem assopra as velinhas é Rosangela Asinelli, esposa do médico nutrólogo Maximo Asinelli, membro de diversas redes de estudos de medicina, consultor para América Latina da empresa de suplementos alimentares, Agel e diretor da Clínica Asinelli em Curitiba/PR.

Muita sorte e sucesso à Rosangela! Parabéns!

Transtornos alimentares

07/08/2009 às 9:19 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Olá meus caros amigos,

Hoje, trago a vocês os vídeos de uma entrevista que concedi à TV Transamérica sobre transtornos alimentares. É um tema interessante e importante de se discutir, espero que gostem das informações. Por favor, deixem seus comentários.

Um abraço,
Maximo

Parte 1

Parte 2

Como a mulher deve se alimentar durante a fase de amamentação?

05/08/2009 às 2:40 pm | Publicado em mulher | Deixe um comentário
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

thtrhQuando tocamos no assunto amamentação, em geral, as pessoas se interessam somente pela importância ao bebê. A discussão é essencial, pois o leite materno é um alimento completo para o recém-nascido. Mas também devemos dar atenção à mamãe, afinal é ela quem o produz e precisa estar sempre bem nutrida para não ter problemas de saúde neste período.

Uma mulher em fase de amamentação chega a gastar 30% mais calorias do que normalmente. Logo, é necessária uma alimentação reforçada para suprir as necessidades do organismo. O cardápio deve ser composto com boa variedade de verduras, legumes, frutas, cereais, e alimentos ricos em proteínas, como carnes.

Esses nutrientes não vão fortalecer o leite materno, porque sua composição é sempre a correta. Eles ajudam a manter a saúde geral da mulher em boas condições. As proteínas, por exemplo, são importantes para as células e a construção e restauração de tecidos.

Queima calórica é gasto energético. Então, a mãe também precisa repor suas reservas de energia. Aqui, entram os carboidratos. O ideal é procurar os complexos, que estão presentes no arroz, macarrão, cereais e frutas, entre outros alimentos. Além disso, eles são ricos em fibras, que agem na regulação a função intestinal.

O ferro é outro nutriente fundamental durante essa fase, pois é um componente importante na composição do sangue. Sua falta pode gerar franquezas e anemia, acarretando graves prejuízos à mulher.

Esses são apenas algumas recomendações para as novas mães tomarem bastante cuidado, não só com o neném, mas com elas mesmas. A amamentação é um momento marcante e exige muito do organismo, então é imprescindível manter-se saudável para não ter complicações nessa fase.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.