Perda de peso diminui o risco de doenças do coração

30/09/2010 às 11:45 am | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Estudos indicam que a perda de 10% do peso pode reduzir em até 30% a gordura no abdômen, responsável pelo aumento das chances de ter doenças cardiovasculares. “A dieta deve ser rica em frutas, principalmente  as cítricas como laranja, morango e abacaxi, vegetais e verduras em geral. Alimentos como as nozes, amêndoas, sementes cruas e abacate também ajudam a eliminação de gordura, mas o consumo deve ser moderado”, aconselha o nutrólogo Maximo Asinelli.

Uma consulta de Convênio: Você sabe quanto recebe?

30/09/2010 às 11:41 am | Publicado em Diversos | Deixe um comentário

Com este artigo, pretendemos analisar economicamente a situação dos médicos que atendem em seus consultórios particulares, pacientes dos diversos tipos de convênios e planos de saúde.

Desta forma, pela análise e resultado final do estudo, cada médico poderá fazer seu próprio julgamento da validade do sistema.

Levaremos em conta, de forma imaginária, um médico que exerça a profissão em consultório alugado, com duas salas e banheiro, em prédio de condomínio, possua todo o equipamento necessário à sua especialidade, tenha telefone, uma recepcionista, faxineira, mobiliário completo para recepção e arquivos.  Que trabalhe 4 (quatro) horas diárias, atendendo exclusivamente pacientes de convênios e/ou planos de saúde.

Neste caso, as consultas eletivas têm um limite máximo, equivalendo a R$42,00, proposto pela CHBPM elaborada pelas entidades médicas nacionais.(imaginando que todas as operadoras assim remunerem os médicos). Vamos considerar uma receita resultante do atendimento em torno de 170 pacientes / mês, podendo variar para mais ou para menos em função das condições essenciais para a receita, cujos pontos principais relacionamos abaixo.

As despesas serão calculadas dentro de limites mínimos. Com a inflação baixa nos últimos cinco anos e mantida sob controle, elas deveriam ter permanecido mais ou menos estáveis, mas, infelizmente isto não ocorreu em vários itens. Desta forma alteram significativamente o custo operacional.

Com base nestes dados, pretendemos estabelecer o valor líquido e atualizado, de uma consulta eletiva para convênios.

·       RECEITA:

Atendimento médio mensal: ………………….   170 primeiras-consultas/mês

Valor global:  170 consultas x R$42,00 = R$7.140,00

Observação: Valor do CH definido e imposto pelas operadoras – varia entre R$0,35 e R$0,44.

Receita mensal bruta …………………………………………… R$7.140,00

  • Condições essenciais para a receita (as principais):

1- Receber a totalidade dos pacientes/mês. Reconsulta no mesmo mês não remunera.

2- Não ficar doente, não faltar ao trabalho, nem acontecer feriados nos 22 dias úteis do mês.

3- Não chover no horário de trabalho de forma a impedir a vinda dos pacientes.

4- Não atender emergências fora do consultório durante o expediente normal de consultas.

5- Não tirar férias.

Despesas mensais R$
01 – Aluguel do consultório R$    900,00
02 – Salário da secretária (dois salários da categoria) R$ 1.040,00
03 – Salário da faxineira (um salário da categoria) R$    520,00
3.1- Vale alimentação R$    184,00
3.2 – Insalubridade R$    176,00
3.3 – Vale transporte (líquido) R$    194,00
04 – Férias / FGTS / INSS /13. salário = (59,73% mês) R$    931,79
05 – Condomínio (incluindo água). R$    440,00
06 – Telefone, energia elétrica. R$    120,00
07 – Material de consumo médico: gaze, algodão, álcool, etc. R$      90,00
08 – Material de limpeza: cera, sabão, aspirador, etc. R$      70,00
09 – INSS-Autonomo = 11% s/teto R$3.218,90 R$     643,78
10 – I.P.T.U -mensal. R$       85,00
11 – Depreciação dos equipamentos – 1/12 (s/ R$10.000,oo) R$       83,50
12 – CRM+Ass.Med. +Sind.Med. +Soc.Espec. (mensal) R$     120,00
13 – Despesas de locomoção própria (média-08 litros diários) R$     420,00
14 – Despesas diversas R$     150,00
Total das despesas mensais R$ 6.168,07
BALANÇO
Receita mensal 7.140,00 SALDO:
Despesas e custo operacional 6.168,07 R$704,65 :- 170 = R$4,15
Receita líquida 917,93
Receita líquida 917,93 Valor líquido unitário recebido

por  consulta

IR sobre Receita líquida – 27,5% 267,28 R$4,15
Saldo final 704,65

CONCLUSÃO: O resultado final deste estudo mostra que a situação é preocupante e desalentadora.  Ainda mais, se os valores das consultas eletivas que você recebe forem inferiores aos R$42,00, então o problema fica mais sério e os cálculos devem ser refeitos.

Na verdade, o que se ganha hoje, atendendo ao sistema de convênios e planos de saúde é uma ilusão financeira, só percebida quando da declaração do imposto de renda.

Por outro lado, o sistema vigente continua representando um negócio extremamente lucrativo para as empresas contratantes, porque, além de tudo que foi demonstrado, deve-se considerar que o médico credenciado (ou referenciado) não é um trabalhador comum, pois, não tem vínculo empregatício, direito a férias, 13º salário, vale transporte, assistência médica, auxilio doença, licença para quaisquer fins, aposentadoria, nem mesmo a segurança no trabalho. A qualquer momento pode ser descredenciado (ou desreferenciado) e não há como reclamar.

A CBHPM está buscando corrigir este aviltamento na remuneração dos honorários médicos, mas, são poucas as operadoras que adotam esse documento. Pode-se dizer, com tristeza, que se mantém legalizado ao longo do tempo um fato inusitado e inaceitável: aquele que contrata define os valores a serem pagos para os prestadores de serviços. Assim, pode-se antever um futuro sombrio quanto à qualidade dos serviços prestados e a permanência no sistema dos profissionais mais qualificados.

Dr. ANTONIO CELSO NUNES NASSIF, doutor em medicina, ex. presidente da Associação Médica Brasileira                Curitiba – Paraná            junho de 2009     acnnassif@netpar.com.br

Fonte: http://www.escolasmedicas.com.br/art_det.php?cod=145

Gordura abdominal é prejudicial a saúde

29/09/2010 às 11:42 am | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

 A gordura abdominal é diferente da que existe sob a pele, pois possui muitos vasos sanguíneos e provoca resistência a insulina, o que pode causar lesões na parede dos vasos. “A obesidade abdominal tem como principal causa a alimentação inadequada. O excesso de sal, açúcares e gorduras são prejudiciais. Por isso para reduzir esta gordura localizada é necessário dieta saudável, exercícios e evitar o consumo de bebidas alcoólicas e tabagismo”, ressalta o nutrólogo Maximo Asinelli.

Medida do abdômen serve como indicador para doenças cardiovasculares

28/09/2010 às 11:38 am | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

A circunferência abdominal é uma medida que ajuda a identificar as pessoas mais propensas a sofrer de doenças cardiovasculares, sendo tão importante quanto o Índice de Massa Corporal (IMC). “Os homens com circunferência igual ou maior que 94 centímetros e as mulheres com medida igual ou maior que 80 centímetros têm 3,25 vezes mais chances de ter doenças cardíacas”, alerta o nutrólogo Maximo Asinelli. Estas medidas fazem parte dos parâmetros recomendados pela Federação Internacional de Diabetes.

Alimentação pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares

27/09/2010 às 8:00 am | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

 Estimativas apontam que mais de 300 mil brasileiros morrem por ano devido a doenças cardiovasculares. Os problemas no coração são causados principalmente pelo acúmulo de gordura na parede dos vasos sanguíneos – fenômeno chamado de aterosclerose. Segundo Maximo Asinelli, nutrólogo e membro da Sociedade Brasileira de Alimentos Funcionais, a maioria das doenças cardiovasculares são consequência de hábitos de vida sedentários. “O tabagismo, a obesidade, a diabetes, a hipertensão, o excesso de colesterol no sangue, alimentação inadequada, o estresse e a falta de atividades físicas são fatores que aumentam o risco das doenças do sistema cardiovascular”, afirma.

Variedade, moderação e equilíbrio são os pilares de uma alimentação saudável

24/09/2010 às 4:51 am | Publicado em alimentação | Deixe um comentário

Os alimentos naturais são como protetores do organismo, pois ajudam a prevenir doenças e a manter o peso adequado. Maximo Asinelli, nutrólogo nutrólogo e membro da Sociedade Brasileira de Alimentos Funcionais, esclarece que uma alimentação saudável leva em conta três fatores básicos. “Não adianta comer apenas um tipo de fruta e outro de verdura todos os dias. O ideal é que o consumo seja variado, com itens de grupos alimentares distintos, com moderação – evitando ingerir quantidades acima do necessário -, e que as porções de cada grupo alimentar sejam equilibradas”, recomenda.

Minerais influenciam no crescimento corporal

23/09/2010 às 4:50 am | Publicado em alimentação | Deixe um comentário

O organismo precisa de porções diárias de alimento para obter nutrientes como vitaminas, carboidratos e minerais, fundamentais para o seu desenvolvimento e sua manutenção. O nutrólogo nutrólogo e membro da Sociedade Brasileira de Alimentos Funcionais, Maximo Asinelli, explica a importância dos mineirais. “Eles influenciam o processo de desenvolvimento e crescimento corporal, ajudam na digestão ativando enzimas, são essenciais na constituição da estrutura dos tecidos corpóreos e também atuam como reguladores orgânicos, controlando a atividade muscular e os impulsos nervosos”, afirma.

Vitaminas são vitais para o organismo

22/09/2010 às 4:49 am | Publicado em alimentação | Deixe um comentário

De acordo com o nutrólogo e membro da Sociedade Brasileira de Alimentos Funcionais, Maximo Asinelli, as frutas, verduras e hortaliças são ricas em sais minerais, fibras, vitaminas e outros nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo. “As vitaminas são vitais para algumas funções do corpo. São elas que fornecem energia, contribui para aumentar a imunidade, melhoram a pele e a oxigenação celular, são antioxidantes e também são importantes no metabolismo”, aponta.

Brasileiros estão acima do peso

21/09/2010 às 4:48 am | Publicado em Controle de peso | Deixe um comentário

Segundo a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico, realizada pelo Ministério da Saúde em parceria com a Universidade de São Paulo (USP),  divulgada em junho, nos últimos quatro anos o percentual de brasileiros obesos cresceu de 11,4% para 13,9% e o dos que estão acima do peso subiu de 42,7% para 46,6%. “Alimentos industrializados, como biscoitos, refrigerante e salgadinhos são pouco nutritivos, altamente calóricos e contribuem para o desenvolvimento de doenças como a obesidade, hipertensão e até câncer”, ressalta Maximo Asinelli, nutrólogo e membro da Sociedade Brasileira de Alimentos Funcionais.

Consumo diário de frutas e legumes deve ser de no mínimo 400 gramas

20/09/2010 às 1:48 pm | Publicado em alimentação | Deixe um comentário

Os dois principais pilares para ter uma boa saúde e qualidade de vida todo mundo sabe: alimentação equilibrada e prática regular de exercícios. O problema é a força de vontade ultrapassar os costumes já adquiridos ou até mesmo a preguiça.  Segundo uma pesquisa realizada pelo Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), apenas 17% dos curitibanos consomem a quantidade certa de frutas, verduras e hortaliças, enquanto 37% consomem carne com gordura e 27,7% são considerados sedentários. “Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) um adulto deve consumir no mínimo 400 gramas de frutas e legumes todos os dias, o equivalente a cinco porções diárias, para manter o organismo saudável e prevenir doenças”, afirma Maximo Asinelli, nutrólogo e membro da Sociedade Brasileira de Alimentos Funcionais.

Próxima Página »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.