Consumo de álcool causa inúmeros malefícios à saúde

08/01/2010 às 10:33 am | Publicado em bebidas | Deixe um comentário
Tags:

Desde julho do ano passado os brasileiros convivem com a nova “Lei seca”. A nova Lei 11.705, que alterou o Código de Trânsito Brasileiro, proíbe o consumo de qualquer quantidade de bebida alcoólica por condutores de veículos. Anteriormente, era permitida a ingestão de até seis decigramas de álcool por litro de sangue – o equivalente a dois copos de cerveja. Com a nova lei, motoristas flagrados excedendo o limite de 0,2 grama de álcool por litro de sangue deverão pagar multa de 957 reais, perderão a carteira de motorista por um ano e ainda terão o carro apreendido. O motorista poderá ainda ser preso se o bafômetro acusar mais de 0,6 grama de álcool por litro de sangue, que equivale a três latas de cerveja.
Mas as consequências ruins que o álcool pode causar às pessoas não pára por ai. O álcool causa alterações múltiplas no funcionamento do organismo a partir do quinto minuto de sua ingestão até atingir seu ápice, que se encaixa entre 30 e 90 minutos depois. Consequências válidas tanto para consumo esporádico, como na dependência – que pode ser considerada uma compulsão que leva à doença do alcoolismo.
Efeitos causados pelo consumo de álcool são imediatos, como irritabilidade, agitação, sonolência, agressividade, alteração de equilíbrio e de memória, vômitos, convulsões, coma e até morte. O organismo também pode manifestar hipertensão arterial, miocardiopatias, hepatite, cirrose, gastrite, dores musculares, diarréia, câncer de boca e de esôfago e alterações cerebrais e neurológicas. Além de ocasionar uma deficiência nutricional decorrente da falta de vitaminas e minerais como o acido fólico e a vitamina B12.
Já os efeitos mais tardios do álcool são cânceres do sistema digestivo, cirrose, pancreatite alcoólica, perda de sensibilidade em membros inferiores, atrofia do cérebro (alterações de comportamento, convulsões, demência), arritmia cardíaca, impotência sexual, esterilidade e síndrome de abstinência fetal – quando o bebê nasce dependente de álcool, apresentando os sintomas citados acima.

Anúncios

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.