Magnésio e osteoporose

28/04/2010 às 12:27 pm | Publicado em Doenças | Deixe um comentário
Tags: ,

Muitos acreditam que para prevenir ou tratar a osteoporose é necessário que se aumente o consumo do cálcio, mas apenas aumentar a ingestão deste mineral não garante a absorção deste pelos ossos, para que esta absorção seja realizada é necessário que o organismo possua índices adequados de magnésio e vitamina D.
O magnésio possui múltiplas funções no metabolismo ósseo, auxiliando principalmente na densidade do osso e na absorção do cálcio. É o mineral que converte a vitamina D de sua forma inativa para ativa que aumenta a absorção do cálcio, também estimula a produção da calcitonina um dos hormônios que preserva a estrutura óssea e captura o cálcio excedente da circulação sanguínea ou dos tecidos moles e os fixa nos ossos. E também controla a ação de outro hormônio, o paratormônio, reduzindo assim a reabsorção óssea.
O nutrólogo Maximo Asineli chama atenção para o consumo excessivo de cálcio, “Altos níveis de cálcio no organismo não significa uma alta absorção pelos ossos, se não processado, o mineral poderá se acumular em tecidos moles e juntas, o que poderá causar artrites e danos nos rins. Por isso deve-se equilibrar a quantidade de cálcio com o consumo ideal do magnésio”, afirma. Maximo ainda aponta que o excesso de cálcio no organismo pode causar enrijecimento dos vasos sanguíneos do coração o que poderá contribuir em casos de enfarte.
Uma pesquisa realizada na Finlândia mostrar que o consumo mundial de cálcio é muito superior ao de magnésio, e que esta diferença pode explicar o aumento de casos de enfarte e osteoporoses. Os resultados mostraram que os finlandeses consomes 4 porções de cálcio para 1 de magnésio, e que nos Estados Unidos este índice sobe para 5 por 1. Assineli chama a atenção para este desequilíbrio, “O ideal que é haja um consumo equilibrado, deveríamos consumir 2 partes de cálcio para 1 de magnésio, assim conseguiríamos absorver todo o cálcio e não teríamos acúmulos em outros tecidos. Somente desta maneira combateríamos a osteoporose sem prejudicar o organismo”.

About these ads

Deixe um comentário »

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com. | O tema Pool.
Entries e comentários feeds.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: